Shop Mobile More Submit  Join Login
About Varied / Hobbyist Beatriz22/Female/Brazil Groups :iconanime-days: Anime-Days
 
Recent Activity
Deviant for 7 Years
Needs Core Membership
Statistics 165 Deviations 664 Comments 6,238 Pageviews
×

Newest Deviations

Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo Extra IV - Michelangelo Neomann
Era um dia como outro qualquer... Michelangelo ou Mike para os íntimos... Acabou de ser acordado pela marcha imperial que era o toque de seu despertador. Tomou Banho, se arrumou, olhou para o presente que ganharia de seu pai quando tinha 8 anos... Seu pai fora assassinado – rovavelmente por ter reagido ao assalto – por múltiplos tiros. Anos se passaram e Mike foi crescendo era o típico gordo granudo nerd. Amava star wars. Seu quarto era todo personalizado nesta temática. Tinha uma coleção extensa de HQs que era obtida com muito esforço e suor de seu trabalho como faxineiro em uma empresa de alta tecnologia chamada: Apple n Orange. Ele sabia que a empresa estava trabalhando em um projeto importante mas o que era exatamente, não. Ele as vezes ouvia enquanto fazia o seu trabalho o Dr. Wise comentar algo sobre ocultismo, magia e afins. No dia da demonstração em
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo VII - Uma Terça Incomum
Terça-feira. Smiley acordou as 6 horas da manhã com os gritos dos vizinhos debaixo. Aparentemente estavam discutindo. Pensou na possibilidade do senhorio ter o enganado.
Esfregando os olhos. Seu saco de dormir não era confortável, somente por isso já poderia tirar sua noite de sono como péssima, mas o vizinho debaixo conseguia se pior que a velha louca dos gatos... ou não? – Assim é treta... Parece que os problemas nos perseguem Tyziu, ou só a mim... Eu ainda vou mudar de vida, vou morar numa casa dahora com uma vizinhança cheia de mulher. -Levantou-se e foi até o banheiro para se higienizar.
Os gritos foram amenizando até se tornarem inexistente. Smiley continuou sua rotina matinal.
Após ter se "arrumado", decide sair para ir às compras, já que a única coisa que levara para o novo apartamento foram o cão e sua mochi
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo VI - Novos Horizontes
Era uma Segunda feira. A mesma em que Smiley, o Azarado-sorridente deu as caras para a entrevista de emprego. Tudo ia muito bem quando o mesmo fez uma espécie de arma que explodira em sua mão danificando um pouco o laboratório em que Professor Gardner costuma trabalhar. Ele e Mary passaram a tarde organizando as coisas do laboratório até um pouco além do expediente para amenizar o tempo em que o mesmo ficou parado pois tiveram que suspender todas as aulas práticas por causa do incidente.
Sebastian ainda impressionado com o aparato tecnológico que o jovem garoto, aparentemente sem qualquer conhecimento sobre engenharia, foi capaz de fazer, Sebastian organiza silenciosamente os equipamentos de volta ao lugar, após ter retirado tudo do lugar para fazer uma limpeza... "Ainda não entendo como ele foi capaz de fazer uma arma daquele tipo, sem qualquer experiência. Será que
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo V - Azar do cão.
Notas iniciais do capítulo
Outra parte da sessão que foi perdida que será reescrita. Infelizmente.
Smiley e seu cão saíram correndo como se não houvesse amanhã para fugir de sua vizinha que jurava por tudo que era mais sagrado chamar a polícia. Tyziu seu cão, destruiu seu apartamento além de matar dois gatos da vizinha. Enquanto o jovem ia até a Universidade fazer sua entrevista de emprego com o Professor Gardner, o mesmo ficou surpreso e ao mesmo tempo ligeiramente furioso com a destruição parcial do laboratório e a ameaça de sua integridade e, ou de terceiros com a explosão da invenção de Smiley. O dia não poderia piorar, talvez tenha pensado o jovem sorridente, mas ele não esperava o encontrar... ou melhor, ser encontrado por ele...
– Salut, mon ami. Prometo que você não irá se ma
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo IV - Buscando Respostas.
Notas iniciais do capítulo
Originalmente e infelizmente boa parte do capítulo foi perdido. Então tive que reescrever e não está tão bom quanto o original era.
Alguns dias antes da palestra. Charles Dewin tentou apagar a memória de Manto. Porém não obteve sucesso. O vigilante misterioso percebeu o que o místico estava querendo fazer à tempo de ter suas lembranças modificadas. Revoltado com aquilo. Chamou o místico de vagabundo e o mandou se afastar, logo em seguida jogou uma espécie de bomba que fez uma cortina de fumaça para servir como camuflagem e distração para que houvesse tempo e permitisse sua fuga. O ruivo galanteador não se preocupa muito com a situação afinal o vigilante intrometido havia ido embora. Quando os ânimos voltaram ao normal. Dewin, tentava explicar tudo para Nout.
Charles solta um
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo Extra III - Smiley Johnson
Era uma segunda-feira a noite, tinha acabado de sair do escritório. Meu humor era o de sempre, angustiado. Havia pouco tempo que tranquei a minha matrícula, a bolsa que recebia não era o suficiente para pagar o aluguel, comprar mantimentos e manter a faculdade. Tinha esquecido a marmita em casa, portanto tive de comprar o almoço no trabalho e acabei ficando sem o dinheiro para a passagem.
Não tinha outro jeito, voltei para casa a pé. Como de praxe, fiquei até tarde para fechar o escritório. Estava frio, o que me revoltou ainda mais. Cansei de trabalhar ali, era um local onde escória ajudava escória, ganhavam milhões para manter o caos na cidade, e porque não no país, e o pior, é que eu contribuía com isso, só que por muito menos.
Entre o cansaço e o desgosto, minha mente estava vagando enquanto eu andava naquela parte quase de
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo Extra II - Sebastian Gardner
Sebastian Gardner havia acabado de terminar seu PhD em Física de Partículas, na Universidade de Havard. Sua capacidade intelectual e percepção para a área o tornavam uma das promessas para os físicos no novo século. Disciplina, paciência e determinação.Não foi surpresa quando foi convidado para trabalhar no laboratório que estava sendo desenvolvido no CERN, o LHC (Grande Colisor de Hádrons). Ele iria participar do grupo que tentava encontrar a partícula de Deus, ou, o Bóson de Higgs. Se conseguissem, poderiam finalmente quantizar a gravidade.Ele estava bastante empolgado com esta perspectiva, já conseguia imaginar as imensas possibilidades que viriam com esta descoberta. Ficava até um pouco mais tarde, revendo suas contas, fazendo ajustes nos equipamentos. Todo o seu tempo estava sendo dedicado para que os erros fossem corrig
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo III - Pós-palestra
Notas iniciais do capítulo
Este capítulo é na verdade um filler, tem uma importância relativa pois sabemos como Sebastian Gardner, Charles Dewin, Smiley Johnson e Mary Barrett. Se conheceram!
Smiley estava no coquetel que estava sendo servido pela Universidade pós palestra de Charles Dewin. Lá ele conversava com Sebastian sobre o que assistiram.
– Haha, cara não acredito que você perdeu sua palestra para esse show bizarro. -Estava em meio a multidão que ali se encontrava. Parecia não se importar com o aborrecimento de Sebastian e nem mesmo sobre o assunto tratado.
– Acontece... infelizmente, quando se trata de dinheiro, as pessoas acabam fazendo coisas sem sentido. Como essa palestra! - Ainda um pouco chateado, começa a pensar sobre os próximos testes que precisa fazer para determinar o mapeamento de seu genes.
– Pois é cara, o que eu n
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo Extra - Charles Dewin
Notas iniciais do capítulo
Capítulo sobre o passado de Charles Dewin e explicação de alguns acontecimentos do capítulo II- A palestra.
Londres, Inglaterra.
Era uma madrugada de terça quando o arqueólogo Charles Dewin recebeu uma ligação inesperada de seu amigo John Lee que por acaso na cidade que ele estava-por causa do fuso horário- era de manhã.
– Alô! Como está Londres?
– Você quer saber como está Londres, como estão as pessoas em Londres, ou como estava meu sono em Londres?
– Isso são horas de estar dormindo? -Perguntou espantado.
– Seu Gorgonóide, aqui é madrugada - Charles levantou e acendeu a luz.
– Maldito fuso horário! Desculpa, mas está ocupado com algum projeto aí... na cidade?
– Não, meu caro, to de bobeira. E você? Como está indo a
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo II - A Palestra
Smiley estava no hospital esperando apenas o médico liberá-lo Aparentemente estava impaciente, pois o médico estava enrolando-o por aproximadamente 3 dias. Sua paciência estava próxima do zero, mas não poderia causar uma confusão no hospital, e nem podia ainda, já que estava há um tempo sem se exercitar. – ENFERMEIRA, Ô ENFERMEIRA. - Gritava de cima do seu leito, enquanto apertava um botão que solicitava a presença de um funcionário do hospital.
Depois de 10 minutos surgiu uma jovem Enfermeira.
Smiley Johnson estava com uma cara nada amigável, mesmo diante da jovem enfermeira que parecia prestativa, reclama. – Quando é que eu vou sair daqui? Esse médico tá fazendo o quê? Assistindo novela na sala de algum paciente?!
– Ah. Ele... estava meio ocupado resolvendo uns problemas... - respondeu meigamente, a enfermeira.
– Joy,meu bem, continuar aqui é o meu problema... Ele não irá resolver isso? - disse, levantando-se do leito e mostrando a rou
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
It's An Heroic Time!
Capítulo I - Um Anjo Caído?!
Era um dia comum na cidade Esmeralda. Em que Algumas pessoas de personalidades diferentes atualmente vivem nela. ajudando a constituir o frágil equilíbrio que mantêm o bairro, a cidade, o município , o estado, o país, o continente, o planeta, o sistema solar, a galáxia e assim sucessivamente, estável. Acredita-se em diversas vertentes que há diversos mundo paralelos , que foram criados simultaneamente com a criação do universo. Nesses Multiversos é possível encontrar um outro você , à grosso modo, com outra possibilidade de acontecimento de "vida". O que não se sabe se há algo que conecte esses multiverso, se há algo que dê passar para o outro, se dá para controlar...
Por acaso havia um Físico PhD em Física de partículas que estava estudando mais sobre o assunto até mesmo para compreender até onde o seu poder poderia influenciar em maior escala caso pudesse explora-lo.
Ele sabia que teoricamente era impossível até mesmo a viagem no tempo, mas talvez.... acr
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
De fronte com o Caos
Caos... uma palavra tão pequena e tão grandiosa ao mesmo tempo. Antes havia uma troika, não era bem feita é verdade mas durante anos foram elas que me ajudaram a manter meu Achse e assim fui seguindo numa fé cega em busca de meus objetivos, sacrificando qualquer momento que fosse mundano demais...
Cada primavera que se passava mais atroz o caminho parecia.Voltar por ventura e porventura serua uma boa opção,porém onde era o ponto de partida? Onde era a bifurcação mais próxima? Valeria a pena caminhar para um caminho totalmente desconhecido? E qual seria o seu preço?
Foi quando decidi perguntar a minha troika interior. Eram três moçoilas cada uma com uma personalidade única e responsável de cuidar daquilo que se possa chamar de sanidade, assim criando um tripé do equilíbrio.
A primeira é responsável por guardar e defender com unhas e dentes opini
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 0 0
Literature
E de qualquer maneira o vento sopra
Capítulo IV - Just a normal day.
Felipe chegou em casa. Colocou suas chaves no local de costume. Foi ao banheiro, tomou banho, se vestiu, foi para a cozinha pegar alguma comida, comeu pela sala, foi para o quarto, ligou o computador e mandou a foto ad tal garota para sua amiga como prometido.
A garota tinha cabelos negros, olhar castanho,atento e meigo, aparentemente baixinha. Para variar.
- O que achou dela?
- Bonita.
- Acha que devo tentar?
- Por que não?
- Não sei, ela parece estar cansada deste tipo de situação. É o tipo de garota que tem vários amigos homens e a maioria está esperando apenas uma momento para ter algo com ela. Isso se torna cansativo pois deve a fazer pensar que todo rapaz que se aproxime dela... Tenha segundas intenções.
- Entendo, Entendo...
Beatriz e Felipe passaram a tarde toda conversando sobre a garota. Felipe tentou tocar no assunto novamente sobre o que tinha acontecido no evento, mas Bea
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 1 1
Literature
Nada, se resume a nada.
Eis o "meu poema  que soasse como o  gosto de guaraná de copinho com rivotril em gotas."
Em algum lugar
Viajando na cacofonia de pensamentos
Desenhando objetos e letras no ar
Procurando, Imaginando algum sentido
Memórias que não encerram o seu vai e vem
Causando sensações...
Olhem ela sorriu...
Breve momento de felicidade, antes não tivesse tido
Mesquinho
Você parecia ser muito solitário, incompreendido.
Mas você opta em ser assim...
Arrogante
Desejando que o Trem atropele e acabe com a dor.
Superficial
Olhem ela sorriu...
Me contaram histórias de alguém que não existe mais.
Ou nunca existiu, mas juro que vi.
Perdido por ai...
Esconso...
Procurando a saída.
Orgulhoso
Desespero? Talvez.
única saída? Claro que não.
Infantil
E lá vai caminhando para lugar nenhum.
Pílula vermelha ou azul?
Soma?
Que tipos de lembranças devo ter de você?
Olhem ela sorriu...
E jogada no abismo...
Segurando num galho...
Mas o susto é maior
e cada vez mais fundo
Pessoas se decepcionam, se iludem e sup
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 1 2
Literature
E de qualquer maneira o vento sopra
" Capítulo III - everybody need a HUG
Finalmente chegou o grande dia do evento Beatriz pediu que Felipe se afastasse em um determinado momento para que pudesse conversar a sós com César. Enquanto isso acontecia, Felipe encontrou por acaso um antigo amigo, se é que pode ser chamado assim.
Felipe e Daniel estavam afastados, eram amigos de longa data porém depois de uma briga ambos acharam melhor se afastar. Eles trocaram apenas uma duas palavras notou que ele estava acompanhado de duas garotas, Felipe não as reconheceu, logo em seguida encontrou outro amigo que aparentemente estava junto com Daniel no evento, seu nome é Luis.
Um pouco depois parado encostado na parede observando o movimento do evento, notou a presença de uma garota com uma placa escrito Free Hugs (Abraços grátis), surpreso momentâneamente com a beleza dela não percebeu que ela tinha se aproximado e logo em seguida perguntou se podia abraçá-lo. Não havia razão para negar, afinal, era apenas um abraço - pensou ele abrindo
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 1 5
Literature
E de qualquer maneira o vento sopra
" Capítulo II - Christian Woman
Passou um período próximo a uma semana quando Felipe veio atualizar sua amiga, Beatriz sobre a garota da igreja. Quando Felipe chegou ao local marcado Bea estava sentada lendo contraponto, seu livro favorito, ela estava muito concentrada e parecia estar lendo uma parte importante do livro o que fez Felipe desacelerar o passo.
Beatriz,negra, não é muito alta, mas também não é muito baixa é um pouco acima da altura mediana para garotas, este detalhe seria facilmente notável se ela não tivesse a postura cansada, como se carregasse o mundo em suas costas. Tem Cabelos negros crespos que no momento se encontravam alisados. Rosto redondo, expressão fechada e carregada, possui ar melancólico.
Tirando os olhos do livro lentamente, olha em direção a seu pequeno amigo que vem aproximando com mais uma novidade.
- Olá. - disse Felipe
- Olá.
- Estive meio sumido não?
- sim, o que me conta de novo? - disse aproveitando os poucos segundos de silencio para ler uma frase.
:iconlumiephoenix:lumiephoenix
:iconlumiephoenix:lumiephoenix 1 3
I love art, it makes me feel alive....

Random Favourites

Boys by PalletsArt Boys :iconpalletsart:PalletsArt 186 43 boys by muszka boys :iconmuszka:muszka 2,788 119 Mika by Pablo-M Mika :iconpablo-m:Pablo-M 27 22 Mika by MadTeaCup Mika :iconmadteacup:MadTeaCup 53 25 mika- the fairytale. by regrettheglamour mika- the fairytale. :iconregrettheglamour:regrettheglamour 105 40 Mika by hoo0 Mika :iconhoo0:hoo0 75 10 MiKa...? by taka0801 MiKa...? :icontaka0801:taka0801 378 53 MIKA by hoo0 MIKA :iconhoo0:hoo0 208 33 angry birds by ijul angry birds :iconijul:ijul 2,142 241 The Angry Bird by ViviALaCarte The Angry Bird :iconvivialacarte:ViviALaCarte 557 45 fat cat by sunqueen12 fat cat :iconsunqueen12:sunqueen12 11 2 Yeah, I'm fat.. by SoulcrackeD Yeah, I'm fat.. :iconsoulcracked:SoulcrackeD 47 4 Fat Cat by conniebees Fat Cat :iconconniebees:conniebees 31 8 Catbird by Andoledius Catbird :iconandoledius:Andoledius 2,698 226 The Fat Cat. by Kennelwood The Fat Cat. :iconkennelwood:Kennelwood 33 2 Fat Cat by AnthonyColeRuth Fat Cat :iconanthonycoleruth:AnthonyColeRuth 67 70

Activity


I wrote your name upon the back of my hand
Slept upon it then I woke up with it backwards on my face
Reading forwards from my mirror to my heart

Twilight omens in my life
Then I hear your name
Hear the radio sing your name
Should I give you a call
What can I say?
Maybe you still feel the same

I typed your number into my calculator
Where it spelled a dirty word
When you turn it upside down
You could turn my dirty world
The bright way round

Twilight omens in my life
Then I hear your name
Hear the radio sing your name
Should I give you a call
What can I say?
Maybe I still feel the same

Twilight omens in my life
I keep hearing your name
I keep hearing your name
I keep hearing your name
I hear the way you sing your name
Hear the way you sing your name
Hear the way you sing your name
  • Listening to: ...
  • Reading: ....
  • Watching: ....
  • Playing: ...

Critiques

deviantID

lumiephoenix
Beatriz
Artist | Hobbyist | Varied
Brazil
Well I'm just a person with serious problems...
I hate photos for example...

:thumb257200955: :thumb182986336: :thumb134060049: Pink Floyd stamp by HappyStamp :thumb140058089: The Smiths stamp by 5-3-10-4 Love Stamp by Kat-Koshkova :thumb103659503: Classical Music Stamp by xrealisticx
While I do artistic things, I thought: " I'm so happy I could die..."

Current Residence: Somewhere
Favourite genre of music: Rock/Metal/Prog/Eletronic/Goth/Folk
Operating System: Vista
Favourite cartoon character: Clavis , Julious,Lumiale, Oscar,Olivie, Luva (Angelique), L( Death note) Roy ( Full metal Alchemist)
Personal Quote: When people begin to suspect one, you end up also suspect of all - Aldous Huxley
Interests

Comments


Add a Comment:
 
:iconandso:
Andso Featured By Owner Nov 2, 2013
Happy birthday! Have a great day!
Reply
:iconmemophysic:
Memophysic Featured By Owner May 8, 2013
Thanks for the :+fav:!
Reply
:icond-nunes:
d-nunes Featured By Owner Mar 9, 2013  Hobbyist General Artist
Muito obrigado pelo fave, Beatriz! :D
Reply
:iconqbabu:
qbabu Featured By Owner Feb 26, 2013  Hobbyist Writer
Vlw pelo watch... e como ando te favoritando, vou logo dando watch tb ^^)))
Reply
:iconjulietbeyondgoth:
JulietBeyondGoth Featured By Owner Jan 2, 2013   Writer
Thanks for the favourte! I wish you a happy new year! :D
Reply
Add a Comment: